Monthly Archives: Julho 2009

Hoje ninguém está à minha espera para o almoço!

Hoje, 28 de Julho de 2009, dois dias depois da segunda volta das Eleições Presidenciais Antecipadas, Bissau está calma, esperando o anúncio oficial de quem será o próximo Presidente do país. O sol bilha nos intervalos da chuva, que lava as ruas, as plantas e os táxis azuis e brancos que se movimentam pela cidade.  A tinta das casas começa a desaparecer e as ruas vão ficando cada vez  mais esburacadas da tareia que levam da chuva quando esta decide caír selvagem arrasando tudo, levando telhados, árvores, antenas.

Tal como no resto do mundo não há aqui nada de novo, tudo se repete ciclicamente desde a época das chuvas, às eleições, às pessoas deambulando coloridas pelo Mercado de Bandim, às canoas perdendo-se no mar dos bijagós, desta vez com as urnas e os membros das mesas de voto lá dentro, e a mão dos deuses parece estar sob tudo isto, protengendo-nos apesar de todas as dificuldades e de todas as adversidades.

Não tenho especial afeição por cidades, na verdade naquilo que é essencial parecem-me todas mais ou menos iguais. Bissau, no entanto, sempre teve algo forte e especial que a distingue de todas as outras que é o facto de ter algo que a aproxima à Terra. Isto é, encontramos em Bissau algo semelhante àquilo que temos na nossa terra, uma raíz, uma mãe, uma avó, uma tia, depende do que queiramos chamar-lhe: a Dona Berta! 

arton29353

Berta de Oliveira Bento, sentadinha na varanda da Pensão Central, sempre com um sorriso e os braços abertos para receber quem se queira sentar, é a raínha da partilha. Partilha o que tem, às vezes mesmo o que não tem, partilha os seus conhecimentos, o seu saber intuitivo, a sua comida, o seu amor, sem exigências, sem ambiguidades, clara e incondicionalmente. Dos seus ensinamentos há frases e princípios que jamais esquecerei: Vanda a sorte está na planta dos pés e na ponta dos cabelos, disse-me tantas vezes a Dona Berta; ou: a alegria traz alegrias,eu nasci para ser feliz ; ou, ainda: quando alguém nos faz mal a melhor forma de ajudarmos essa pessoa é fazer-lhe o bem…. Tantas frases bonitas e sábias que ouvi da d. Berta, tantas… sentada com ela na varanda ou à sua mesa na hora de almoço…  

Canto Mesa

Hoje Bissau parece-me mais pobre do que nunca, e igual a qualquer outra cidade, com as portas da Pensão Central fechadas e a cadeira da D. Berta vazia na varanda. Hoje ninguém está à minha espera para o almoço e os arrepios de frio que a chuva traz quando nos bate no corpo, arrefecem-me a alma e trazem-me um sentimento de vazio e falta: as saudades da Avó Berta!

vanda medeiros

Anúncios

3 comentários

Filed under 1

Festa de Aniversário – Será dos 85 Anos?!!!

040

As flores que vieram de Bissau….

044

O bolo de anos improvisado!!!!!!

6 comentários

Filed under 1

Em Campo de Ourique há 40 anos

D. Berta

D. Berta e a sobrinha Zezinha perto de sua casa, em Campo de Ourique

3 comentários

Filed under 1