Fotografias

Anúncios

9 responses to “Fotografias

  1. Cristina Rodrigues

    A Pensão Central é de facto a porta de Bissau!
    Jamais se poderá dizer que se conhece Bissau sem passar por esta casa, pelo calor afectivo e acolhedor que ela nos transmite, através da nossa querida Avó Berta.
    D. Berta, é realmente alguém singular que pela sua grandiosidade, sabedoria, pelo tamanho infinito do seu coração, todos os dias contribui para que se estampe um sorriso nos rostos daqueles que por ela passam, presencialmente ou em pensamento.
    D. Berta é a Avó de todos aqueles voluntários que ela acolhe na sua casa e no seu coração e nos mima como qualquer avó biológica. Ouve-nos, escuta-nos, canta-nos uma morna, faz-nos rir, obriga-nos a comer dois pratos de comida mais a sopa (ai que saudades da sopa de ostras!!!), dá-nos alento e conselhos quando precisamos deles e muito, muito amor.
    De facto, D. Berta é uma benemérita da Guiné e uma grande amiga de Portugal …. e de todos,… no coração desta grande senhora não há fronteiras!!!
    Um Xi-coração forte para a Avó Berta e saudade tchiu!!
    À neta nº 1 e mentora desta grande ideia um beijinho grande. Parabéns Mónica, foi mesmo uma bela ideia
    Cristina Rodrigues

  2. Claudia Ramos

    Querida Avó Berta,

    Se há coisa que define a Pensão da Avó Berta, é a de ser o ponto de encontro de todos os portugueses que por algum motivo rumaram a Bissau. Ainda me lembro dos bilhetes deixados à procura da Mónica, o reencontro com o Mário Jaleco, as noites de conversa com o Júnior, Guilherme, Nuno, Rui, etc na excelente varanda… e claro…da maravilhosa sopa de ostras sem igual…Hum…
    Na pensão, passámos momentos bons e momentos de apreensão…mas para nós foi sempre porto de abrigo!
    Querida Mónica, bem hajas por esta tua excelente iniciativa! Eu vou deixar de ser preguiçosa e mandar fotografias.
    Bjs,
    Claudia

  3. cara amiga D.Berta,

    venho por este meio agradecer o carinho e o sorriso com que acompanhou cada uma das refeições que tomei no seu restaurante.
    adorei conhece-la e renovo-lhe os votos de um FELIZ ANO NOVO 2009, esperando voltar a visita-la caso regresse a Bissau em missão de serviço.

    Um beijinho

    Maria de Fátima Grilo
    Inspectora Superior

  4. Eldmir Osvaldo

    ola D. Berta…
    quero, apesar da distância, deixar-lhe esta mensagem de carinho e um beijo grande, pois é uma mulher cheia de força de vontade e muita humildade, aproveito também para mandar um abraço e beijinho a todos os funcionários da pensão central…foi optimo a experiência de ter estado hospedado aí…
    Votos de que todo corra da melhor forma tanto a nível profissional como pessoal´

    Cumprimentos minha gente!!

    Isnaba (Osvaldo)

  5. fernando pereira

    Se houvesse um livro sobre «Who is Who na Guiné-Bissau», a D. Berta Bento devia ser figura obrigatória dessa publicação. Ela e a Pensão Central fazem parte do património histórico nacional. Parabens pela iniciativa do website.
    Sou jornalista e o estabelecimento da D.Berta, além do excelente serviço gastronómico(canja de ostra e caldo branco são um mimo), proporcionou-me encontros, conhecimentos e histórias interessantes.
    Abraços
    FJP

  6. Natalia Santos

    Uma bomba caíu nas minhas recordações…Guiné e… estilhaços de memória, de um passado-presente, aterram no aeroporto de Bissalanca…

    Através do vidro, olhos atentos de passageiros ávidos de aventura – os nossos, localizam no capim caracóis negros de calções e chinelos de borracha… Todos eles, de arma apontada para o espaço…

    Surpreendidos de curiosidade, avançámos por uma multidão parida por um gordo avião da Airoflot. Não entendemos uma palavra, embora fossemos da mesma cor… (não a vermelha, mas a caucasiana). E compreender o quê?…num agrupamento não natural de dezenas de homens russos, altos, nutridos e de fartas cabeleiras que dava gosto olhar!…

    Eis que um agitar de braços enormes num largo sorriso chama-nos à realidade. “Camarada, por aqui!…. chamo-me…. sou do Ministério da Educação e estou ao v/serviço”.

    Ministério ?… palavra chave para uma especie de imunidade diplomatica, -”passa… passa…” e as malas apontadas a dedo, são transportadas de imediato por entre palavras, braços e corpos. Passámos! e passámos a ser gente importante no desconhecido…

    Obedientes, pisámos o solo Guineense do lado de fora do aeroporto. Uma carrinha “pegeout” branca, símbolizando a paz?!…, aguardava-nos da mesma forma que dezenas de homens armados, numa agitação própria de um grande acontecimento.

    Altifalantes reproduziam palavras de ordem: “encostem, encostem, encostem…” . Encostámos mas ficámos desconfortávelmente parados no tempo..

    “O camarada presidente vem aí!…” – disse-nos o simpático motorista-carregador e até que uma frota de volvos passassem limitámo-nos a sorrir…
    Todo aquele aparato não passava de uma encenação para uma rápida despedida ao Nino Vieira. É que tinha pedido boleia ao avião que nos havia levado.

    Percorridos alguns Kms. surpreendemo-nos com fogueiras ao longo da mesma estrada que nos levaria até Bissau.

    Chegámos!…
    Ali estava a Pensão Central e um simpático casal luso/africano mais querido de Bissau: Berta e Américo…

    Que feliz que fiquei ao encontrar aqui a Avó Querida dos meus filhos Miguel e Pedro…quando “ontem” já foi no ano de 1971…
    Lembro com saudade a mesa da varanda das traseiras onde o casal “vigiava” e partilhava as refeições com os netos “recentes”…
    Lembro-me dos conselhos que me dava com um olhar ternurento e um sorriso que nos alegrava a alma…
    Lembro-me das peripécias porque passámos com alguns dos cooperantes portugueses e cubanos…
    Lembro-me da cartinha entregue em mão ao cunhado em Dakar… se não fosse isso…ah!…ah!..ah!..
    Lembro-me do carinho com que acolheu o meu filho Miguel anos mais tarde quando retornou à Pensão inserido num grupo de escuteiros e o almoço com que os presenteou…
    Lembro-me de tudo… e estou eternamente agradecida.
    Bem haja Minha Querida pelo carinho e dedicação com que nos acolheu…
    Onde quer que o Sr. Américo esteja o meu muito obrigado também…

    Um beijo com carinho
    Natália

    • Correcção:
      Presidente Nino Vieira
      data: 1981
      ————————
      Publicado no FB:
      17 Dezembro 2012

      D. Berta partiu sem antes ter tido a homenagem que José Ceitil – um grande admirador – lhe prestou em forma de livro…
      Que encontre o caminho do desconhecido… e repouse em paz.
      Foto: lançamento do livro
      —————————
      18 Dezembro 2012

      Esta pomba de Lisboa ajudá-la-á no vôo, sem retorno, por Cabo Verde e Guiné-Bissau, já que, pela doença, escolheu este país para partir…
      Juntas encontrarão a paz.

      Foto: pomba sobre calçada portuguesa
      —————————————-
      Ofereço-lhe este tigre, fotografado no Zoo de Lisboa, para a acompanhar na viagem, simbolizando as “lambidelas das crias” – nós os cooperantes – a liderança, força e porte majestoso que nos encantava a todos.

      Fotos: tigres

      Saudades!…

  7. anavaz

    Lembranças eu guardo do canto quente, do reboliço vivo e contagiante dentro e fora da Pensão da D. Berta.

    Dois dias verdadeiamente estonteantes que me seduziram. Depois viajar até Cacheu, Suzana e ~
    por aí

    Bom regresso D.Berta e mts saudades.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s